Rejeição de Marina é 16%, de Dilma, 32%, diz Datafolha

O número de eleitores que não votariam na candidata do PSB subiu 1% enquanto a porcentagem da candidata do PT caiu 3%

ALEXANDRE DALLARA, MÁRIO BRAGA, MATEUS FAGUNDES, Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2014 | 04h08

Pesquisa Datafolha divulgada há pouco mostra que o índice de rejeição da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) caiu para 32%. Nas pesquisas anteriores, o porcentual havia oscilado de 34% para 35%. A rejeição do candidato Aécio Neves (PSDB) está em 21%, ante 18% e 22% nas mostras mais recentes. A candidata Marina Silva (PSB) tem 16%, ante 11% e 15% nas anteriores.

O levantamento do Datafolha, contratado pela Folha de S. Paulo e pela Rede Globo, foi feito entre 1º e 3 de setembro, com 10.054 eleitores em 361 municípios do País. A pesquisa foi registrada no TSE sob o protocolo BR-00517/2014 e tem margem de erro máxima de 2 pontos porcentuais e nível de confiança de 95%. Ou seja, se fossem feitas 100 pesquisas idênticas a esta, 95 deveriam apresentar resultados dentro da margem de erro.

Tudo o que sabemos sobre:
Datafolharejeiçãonacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.