Rejeição a Dilma oscila de 33% para 31%, mostra Datafolha

Rejeição a Dilma oscila de 33% para 31%, mostra Datafolha

A taxa de Marina Silva (PSB) passou de 22% para 23% e de Aécio Neves (PSDB), de 21% para 20%

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2014 | 20h16

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira, 26, mostra que a taxa de rejeição de presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) oscilou de 33% do levantamento anterior para 31%. A de Marina Silva (PSB) passou de 22% para 23% e de Aécio Neves (PSDB), de 21% para 20%.

Os demais candidatos têm os seguintes porcentuais: Pastor Everaldo (PSC): 22%; Zé Maria (PSTU): 17%; Levy Fidelix (PRTB): 17%; Eymael (PSDC): 16%; Luciana Genro (PSOL): 15%; Rui Costa Pimenta (PCO): 14%; Eduardo Jorge (PV): 13% e Mauro Iasi (PCB): 13%.

Foram ouvidos 11.474 eleitores em 402 municípios do País nos dias 25 e 26 de setembro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00782/2014.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesdatafolhataxa de rejeição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.