Reitor usou cartão em free shop

A CPI dos Cartões encontrou mais uma compra em free shop com cartão corporativo. O reitor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Ulysses Fagundes Neto, gastou, em 2006, R$ 39,07 no estabelecimento do aeroporto de Guarulhos. A análise dos gastos do professor mostra que são comuns os saques em dólares. O reitor já freqüentara o noticiário porque efetuou despesas com o cartão no valor de R$ 318 em uma drogaria paulistana. No ano passado, Fagundes efetuou despesas totais de R$ 40.672. O primeiro gasto em free shop conhecido foi efetuado pela ex-ministra Matilde Ribeiro. Por meio de sua assessoria, Fagundes informou não lembrar o que comprou no free shop, mas disse ter determinado levantamento para identificar o motivo do gasto. Segundo ele, se preciso vai reembolsar a quantia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.