Reitor da Unifesp se hospedou na Disney com cartão

Segundo jornal, Ulysses Neto teria gasto quase R$80 mil em compras de cosméticos e material esportivo

AE, Agencia Estado

15 de abril de 2008 | 09h20

O reitor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Ulysses Fagundes Neto, disse na segunda-feira que não cometeu irregularidade ao usar seu cartão corporativo em viagens internacionais. Segundo o jornal O Globo, em um ano e meio o reitor gastou quase R$ 80 mil em compras de cosméticos, material esportivo, aluguel de carro e diárias em hotéis, um deles na Disney, em Orlando (EUA).   Veja também: PF pode recolher outros computadores da Casa Civil Vazamento de dossiê contra FHC abre guerra dentro da Casa Civil Dossiê FHC: o que dizem governo e oposição PF pede a governo dados sobre segurança da Casa Civil PF abre inquérito para apurar vazamento de dados de FHC Dossiê com dados do ex-presidente FHC  Entenda a crise dos cartões corporativos     Fagundes disse ainda que todos os gastos foram auditados pela Controladoria-Geral da União.     Durante reunião na CPI mista dos cartões, governo e oposição fecharam acordo, que  permitiria também a convocação do reitor da Unifesp.   A assessoria da Unifesp disse ao estadao.com.br que o reitor dará uma coletiva para explicar o uso dos cartões nesta quarta-feira. O reitor não foi à universidade nesta terça, "pois está em Brasília , a trabalho".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.