Regulamentação do sistema financeiro poderá ser votada

O presidente da Câmara dos Deputados, Aécio Neves, pretende colocar em votação ainda neste semestre a regulamentação do artigo 192 da Constituição, que trata do sistema financeiro. O texto a ser votado não contempla a independência do Banco Central na condução da política monetária e cambial.O argumento é que, neste ano eleitoral, poderia ser interpretada como uma tentativa de ingerência política no próximo governo, especialmente no momento em que a candidatura de oposição de Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, lidera as pesquisas de intenção de voto.A iniciativa de levar a proposta à votação atende aos pedidos do ministro da Fazenda, Pedro Malan. A expectativa é de que a confirmação da regulamentação do artigo 192 venha a ser interpretada positivamente pelos agentes de mercado.O Legislativo estaria assim, de acordo com essa avaliação, fornecendo ao mercado uma indicação da estabilidade das instituições no País nessa fase de turbulência política pela disputa eleitoral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.