Regina diz que teria atendido a outro senador

Em resposta à indagação do senador Osmar Dias (PSDB-PR), a ex-diretora do Prodasen Regina Celia Borges disse que, se outro senador fizesse o pedido de uma lista de votação em nome do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), em condições semelhantes, ela atenderia. Ela explicou essas condições, dizendo que o pedido foi feito por um senador da República, que a chamou na casa dele, falando de forma grave, que precisava extrair uma lista em nome do presidente do Senado. "Qualquer um que fosse, eu atenderia, porque estava se colocando como um interlocutor do presidente do Senado", afirmou. Segundo ela, o que pesou em sua decisão foi o fato de que ela estava atendendo a um pedido do presidente da Casa. Em depoimento de Regina Célia ao Conselho de Ética, o senador Osmar Dias havia perguntado a Regina se ela o teria atendido, caso ele tivesse feito o mesmo pedido a ela. Naquela ocasião, Regina Célia respondeu que não, afirmou Osmar Dias, tentando mostrar a contradição das duas afirmações da ex-diretora do Prodasen.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.