Região Norte se destaca no ranking de aumento de eleitores

Em Roraima e no Amapá, o crescimento foi de 18% e 17% - mais que o dobro da média nacional

Daniel Bramatti, de O Estado de S. Paulo,

01 de julho de 2012 | 15h39

SÃO PAULO - Cinco Estados da Região Norte aparecem como os líderes do ranking do crescimento do eleitorado brasileiro nos últimos quatro anos.

Em Roraima e no Amapá, o crescimento foi de 18% e 17%, pela ordem - mais que o dobro da média nacional, de quase 8%.

Os resultados ajudaram a consolidar o Norte como a quarta maior região do País em termos eleitorais - até 2008, era o Centro-Oeste que ocupava o posto.

O aumento médio de eleitores nos Estados nortistas foi de cerca de 12%, enquanto os do Sul tiveram incremento de 6%. Esta última região é a que mais vem perdendo participação no total - tendência que deve se manter nas próximas décadas, segundo projeções populacionais.

Em dois Estados do Nordeste, Alagoas e Sergipe, houve redução no número de eleitores. Mas isso se deve a recadastramentos promovidos pela Justiça Eleitoral, que eliminaram das listas os eleitores mortos. Rondônia, onde também houve recadastramento, teve crescimento inferior ao dos Estados vizinhos.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012segundo turno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.