Reforma garantirá transparência do Judiciário, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje à tarde, em reunião no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que há "muita burocracia, multiplicidade de procedimentos, carência de recursos humanos e materiais" no Poder Judiciário e que os magistrados são "as maiores vítimas" dessa situação, pois acabam dedicando um excessivo tempo a atividades burocráticas.Segundo ele, o governo está empenhado em tornar o Judiciário "mais transparente" e facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços da Justiça. O presidente destacou a necessidade de "harmonia e respeito" entre os Poderes e afirmou que mudanças no Judiciário fazem parte de um processo de aperfeiçoamento dos serviços prestados pelo Estado. De manhã, no Supremo Tribunal Federal (STF), Lula havia dito que o governo já manifestou publicamente o posicionamento em defesa da criação do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.