Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Reforma da Previdência deve ter 80% dos votos, diz Rebelo

O líder do governo na Câmara, deputado Aldo Rebelo (PCdoB), afirmou em Buenos Aires, que acredita na aprovação da reforma da Previdência com 80% dos votos, incluindo os do Partido dos Trabalhadores (PT). "Creio que não", respondeu o líder à pergunta de jornalistas brasileiros se os petistas estariam entre os deputados que votarão contra a reforma. Aldo Rebelo destacou que o relatório apresentado ontem pelo deputado José Pimentel (PT-CE) foi "amplamente discutido com os diversos setores e com o PT, inclusive a adoção da integralidade e da paridade para os atuais servidores públicos. Ele também acenou com a possibilidade de que no futuro seja necessária uma nova reforma da Previdência ao dizer que "toda sociedade tem que atualizar seu sistema previdenciária ao longo do tempo". As declarações do líder do governo na Câmara foram concedidas aos jornalistas brasileiros na Argentina, após o café da manhã organizado pelos empresários do Grupo Brasil, em Buenos Aires.Também participaram o presidente da Câmara, João Paulo Cunha, e os deputados Rosinha Florisvaldo, presidente da Comissão Paralamentar do Mercosul, Ney Lopes , presidente do Parlatino, Maninha e Feu Rosa, vice-presidente e integrante da Comissão de Relações Exteriores, respectivamente.

Agencia Estado,

18 de julho de 2003 | 14h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.