Reeleito, João Paulo trabalha para ministro da Saúde ser governador

Com quase 90% dos votos apurados, o prefeito de Recife, João Paulo (PT) está reeleito no primeiro turno, com mais de 55% dos votos válidos. A primeira medida será reformar o secretariado municipal pensando na candidatura do ministro Humberto Costa ao governo de Pernambuco em 2006. O primeiro escalão da prefeitura - entregue a petistas, com exceção de uma pasta com o PC do B - deverá integrar outros partidos - como o PTB, do derrotado deputado federal Joaquim Francisco (terceiro colocado).A vitória de João Paulo - admitida pelo governador Jarbas Vasconcelos (PMDB) do resultado das urnas - fortalece o prefeito como liderança e torna o PT a maior força política de oposição ao governo do Estado e uma das bases fortes do partido no Nordeste.O prefeito, que fez meditação transcendental antes de ir às ruas e antes de falar à imprensa como reeleito atribuiu a vitória à inversão de prioridades da sua administração, visando aos excluídos sociais, "mas sem dicotomia entre mais ricos e mais pobres". Reafirmou que deseja governar os quatro anos e evitou falar em 2006. Reconheceu o apoio presidencial como importante para sua reeleição e tem expectativa de que a coligação que lhe deu apoio eleja 12 dos 36 vereadores da Câmara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.