Rede rompe e água alaga parte do prédio da Câmara

Funcionários avaliam eventuais danos à estrutura do prédio

Denise Madueño, de O Estado de S. Paulo

20 de agosto de 2012 | 19h06

O rompimento de tubulação da rede de água usada para combater incêndios no Eixo Monumental de Brasília provocou vazamento de água dentro do prédio da Câmara dos Deputados, isolando o corredor que liga o Salão Verde aos anexos do edifício. O grande volume de água tomou a laje do edifício e a água ficou escorrendo pelo teto do corredor.

  

Técnicos da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) fecharam a rede e abriram os hidrantes para escoar a água. Por precaução, parte da rede elétrica da Câmara foi desligada.

Funcionários da Câmara estão trabalhando para avaliar eventuais danos à estrutura do prédio. O corredor atingido fica sob a pista do Eixo Monumental, a via de acesso ao Congresso.

Tudo o que sabemos sobre:
Câmaraalagamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.