Recurso tenta salvar ação contra Dirceu

O Ministério Público Federal recorreu ontem ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região para tentar convencer a Justiça a receber ação de improbidade administrativa na qual o ex-ministro José Dirceu é acusado de favorecer seu filho Zeca Dirceu com a liberação de verbas federais para municípios do Paraná. Zeca Dirceu é prefeito da cidade paranaense de Cruzeiro do Oeste. O pedido ao TRF argumenta que há elementos suficientes para provar improbidade administrativa, entre elas uma planilha da Funasa, que indicaria empenhos decorrentes de emendas parlamentares que teriam Zeca Dirceu como "padrinho".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.