Recurso do PT não tem chance de prosperar, diz líder do PFL

O líder do PFL no Senado, João Agripino (RN), disse nesta quinta-feira que o recurso do governo para anular a votação do relatório final da CPI do Correios "não tem a menor chance de prosperar e é uma manifestação de desespero". "Custo a crer que eles tenham ousado entrar com recurso", disse Agripino.No recurso, o PT argumenta que o presidente da CPI dos Correios, senador Delcídio Amaral (PT-MS), não colocou em votação destaques de votação em separado apresentado pelos governistas, na tentativa de modificar pontos do relatório do deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), que acabou sendo aprovado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.