Recurso de alunos da UnB é rejeitado

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região confirmou ontem a decisão da 17ª Vara Federal do Distrito Federal que determinou a reintegração de posse do prédio da reitoria da Universidade de Brasília, ocupado por estudantes desde o dia 3. Um recurso havia sido interposto pelo Diretório Central de Estudantes, que argumentava que o cumprimento da ordem judicial trazia o risco de confronto entre estudantes e seguranças da universidade.O movimento é contra o reitor da UnB, Timothy Mulholland. Ele é acusado pelo Ministério Público de ter desviado R$ 470 mil da verba de pesquisa para comprar móveis de luxo para o apartamento funcional que ocupava. Pressionado, anteontem o reitor pediu afastamento do cargo por 60 dias. Estudantes, funcionários e professores pedem agora a saída de toda a cúpula da UnB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.