Recuperado 2o corpo de vítima do acidente da Air France

Um segundo corpo de uma vítima do acidente do voo Rio-Paris da Air France foi encontrado e levado a bordo do navio da equipe de buscas, anunciou nesta sexta-feira o Ministério do Interior da França.

REUTERS

06 de maio de 2011 | 14h43

O corpo foi recuperado a uma profundidade de 3.900 metros e ainda preso ao assento da aeronave, da mesma forma que outro corpo retirado na quinta-feira do fundo do oceano Atlântico, perto da costa nordeste do Brasil.

"Essas operações foram realizadas com o maior cuidado digno, em condições difíceis", informou o ministério em comunicado.

A partir de 20 de maio, uma equipe de reforço da França vai se juntar aos esforços de busca e resgate em um navio equipado com submarinos não tripulados.

Os especialistas vão tentar realizar identificação dos corpos por meio de análise de DNA, um procedimento considerado difícil uma vez que os corpos permaneceram submersos a 3.900 metros durante quase dois anos.

Cerca de 50 corpos foram recuperados pelas Forças Armadas do Brasil nos primeiros dias após o acidente, ocorrido após o avião ter decolado do Rio de Janeiro com destino a Paris no dia 31 de maio de 2009.

Todos os 228 passageiros e tripulantes morreram no acidente.

As duas caixas-pretas do avião que fazia o voo AF447 foram encontradas no domingo e segunda-feira, aparentemente em bom estado. Elas deverão permitir a elucidação das causas do acidente com o Airbus 330-203.

Os restos biológicos e as caixas pretas foram embalados hermeticamente e serão enviados à França na próxima semana, segundo o ministério.

Teorias sobre a causa do desastre têm destacado a possibilidade do acúmulo de gelo nos sensores de velocidade da aeronave, que pareciam ter informado leituras inconsistentes antes de a comunicação ser interrompida.

(Por Patrick Vignal)

Tudo o que sabemos sobre:
GERALACIDENTECORPO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.