Recuperação de Alencar surpreende médicos, diz filho

Vice-presidente segue internado desde janeiro para se recuperar de cirurgia para retirada de tumores

ANA LUÍSA WESTPHALEN, Agencia Estado

06 de fevereiro de 2009 | 14h31

A velocidade da recuperação do vice-presidente da República, José Alencar, 77 anos, está surpreendendo os médicos, disse seu filho Josué Gomes da Silva, presidente da empresa do setor têxtil Coteminas, em entrevista hoje à Rede Eldorado. "Ainda que ele seja uma fortaleza, e ele sempre se recupera muito bem dessas cirurgias, dessa vez a gente tem de ter um pouco mais de paciência, mas ele continua conseguindo surpreender os médicos e todos nós pela velocidade de sua recuperação", afirmou. Alencar se recupera de uma cirurgia realizada no final de janeiro no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.     Veja também:  Alencar segue internado e em processo de melhora   Questionado se o vice-presidente pode sair do hospital até o carnaval, Josué respondeu: "De fato, o carnaval pode ser uma boa data e um bom parâmetro, mas vamos ver". "Os médicos não dão nenhum prognóstico e neste momento é preciso que todos nós tenhamos paciência para que ele se recupere totalmente antes de deixar o hospital", disse.    Alencar, submetido a uma cirurgia para retirada de tumores no dia 25 e janeiro, deixou na última quinta a Unidade Crítica Coronariana e foi transferido para um apartamento. Ele saiu da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na segunda-feira. Na cirurgia a que Alencar se submeteu, considerada de alta complexidade, foi retirada uma porção do intestino delgado, uma parte do intestino grosso e dois terços do ureter (canal que leva a urina do rim à bexiga), comprometidos pelo tumor. O ureter foi substituído por uma parte do intestino delgado. A operação durou 17 horas. O vice-presidente luta contra o câncer desde 1997 e já passou por diversas cirurgias, a anterior foi em setembro do ano passado. De acordo com boletim médico divulgado nesta sexta, Alencar alimenta-se normalmente e já caminha pelo quarto. O vice-presidente passou no último dia 25 por uma cirurgia para retirada de tumores na região do abdome que durou quase 18 horas. Na terça-feira, ele deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e ontem foi transferido para um quarto.   (Com Reuters)   Texto atualizado às 15h31

Tudo o que sabemos sobre:
AlencarinternaçãofilhoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.