Receita protesta contra 'insinuações de aparelhamento'

A Receita Federal divulgou hoje nota à imprensa em que manifesta "profunda indignação" diante das notícias publicadas na mídia nos últimos dias a respeito da violação de sigilos de tucanos. O comunicado afirma que "são inverídicas as insinuações de aparelhamento do órgão, que é eminentemente técnico".

AE, Agência Estado

06 de setembro de 2010 | 17h03

A instituição também explica que "a totalidade dos seus servidores ingressa mediante concurso público e têm elevada conduta ética e compromisso com a instituição e com o nosso País" e que "todas as grandes corporações estão sujeitas à falha humana e aos desvios de conduta individuais que maculam a ética e violam leis e normas internas".

De acordo com a Receita, os casos que vieram à tona recentemente são "isolados" e seus responsáveis estão sendo investigados. "Caso seja comprovada sua culpa, mediante o devido processo legal, serão punidos na forma da lei", afirmou. O comunicado diz ainda que o órgão "dispõe de importante aparato tecnológico e normativo, capaz de identificar esses desvios e punir os responsáveis, respeitado o devido processo legal".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.