Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Receita Federal investiga 57 envolvidos na Lava Jato

Pessoas físicas e jurídicas estão na mira do órgão; além disso, outros 265 contribuintes estão em análise e podem ter procedimento de fiscalização aberto

Renata Veríssimo, O Estado de S. Paulo

05 de março de 2015 | 17h34

Brasília - A Receita Federal incluiu no Plano Anual de Fiscalização para 2015 as investigações de contribuintes envolvidos na Operação Lava Jato. O secretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Jung Martins, informou há pouco que já estão em andamento ações contra 57 contribuintes pessoas físicas e jurídicas para tentar identificar crime de sonegação fiscal. "A chance desses contribuintes terminarem o processo com auto de infração é de 91%", afirmou.

Além disso, outros 265 contribuintes (130 pessoas físicas e 135 pessoas jurídicas) estão em análise e podem ter um procedimento de fiscalização aberto. Segundo ele, nos casos em que outros crimes forem identificados, como evasão de divisas e lavagem de dinheiro, a Receita Federal encaminhará para o Ministério Público Federal (MPF) para que possa ser aberta uma ação penal. Martins explicou que, em caso de contribuintes sem foro privilegiado, as informações são encaminhas para o MPF em Curitiba, responsável pela investigação da Lava Jato. Mas nos casos de contribuintes com foro privilegiados, os dados serão enviados à Procuradoria Geral da República, em Brasília.

Tudo o que sabemos sobre:
Operação Lava JatoReceita Federal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.