Rebelo se esquiva de falar sobre movimento 'Veta Dilma'

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, afirmou na quarta-feira que sua opinião sobre o Código Florestal está na versão relatada por ele do projeto aprovado na Câmara no ano passado, quando ocupava assento como deputado federal.

GUSTAVO PORTO, Agência Estado

16 de maio de 2012 | 13h26

Ao ser indagado se iria aderir ao movimento "Veta Dilma" ou aos que querem a sanção da presidente ao projeto aprovado no mês passado na Câmara, após mudanças do original, Rebelo riu e emendou: "Acho que agora o outro relator tem de falar sobre o assunto; já faço grande esforço para responder sobre Copa e Olimpíada", disse a jornalistas.

"Todas as opiniões que eu tinha já apresentei e não alterei nenhuma delas", acrescentou o ministro, que participou do seminário Brasil Rumo à Copa, na capital paulista.

O novo texto do Código Florestal, relatado pelo deputado Paulo Piau (PMDB-MG), foi aprovado no último dia 25 por 274 votos a favor, 184 contrários e duas abstenções.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.