Rebelo orienta aliados a tentarem desobstruir pauta

Os líderes dos partidos aliados ao governo no Senado foram orientados hoje, pelo ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, a buscarem um acordo com a oposição para a desobstruição da pauta e aprovação dos projetos importantes, ainda este mês. Atendendo pedido do ministro, os líderes do PMDB, PTB, PSB e PT vão procurar a oposição ainda hoje, na tentativa de fazer um acordo de procedimento e estabelecer uma pauta para o mês de junho. "Temos que nos organizar para preparar uma agenda e isso só será possível com um acordo com a oposição", afirmou o líder do governo no Congresso, senador Fernando Bezerra (PTB-RN), que também participou da reunião com o ministro. O senador ressaltou a sua preocupação com o prazo exíguo que o Congresso tem para aprovar os projetos de interesse nacional como a nova lei de falências, o projeto que institui as Parcerias Público Privadas (PPP) e o que trata da biosegurança. A pauta do Senado está trancada por medidas provisórias e assim que for votada na Câmara chegará ao Senado a MP que estabelece o salário mínimo a R$ 260, tema polêmico em que o governo encontra dificuldades de aprovação em sua própria base aliada. Ainda hoje, depois da reunião com a oposição, os líderes voltarão ao Planalto para uma nova reunião com Rebelo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.