Rebelo não acredita em rompimento do PMDB

O ministro da Coordenação Política do governo Luis Inácio Lula da Silva, Aldo Rebelo, acredita que o PMDB não irá declarar rompimento em relação ao governo federal na convenção marcada para o dia 12. Em rápida passagem por Curitiba para participar da abertura do Encontro Estadual de Cooperativistas Paranaenses, Rebelo disse que a posição de governadores peemedebistas de que o partido não deveria ter representantes no governo não é novidade."A nossa posição é a de que quem apóia o governo deve participar do governo, porque senão teremos os partidos de 1ª classe, com participação, e os de 2ª classe, que não participam, criando um desequilíbrio", acentuou. "Nós pensamos que os partidos que apóiam o governo devem participar porque isso concretiza o apoio e é o que dá aos quadros do partido a possibilidade de ajudar na administração e na governabilidade." governa

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.