Rebelo crê na aprovação da Previdência até quinta

O líder do governo no Congresso, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), disse que confia em que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara votará, quinta-feira, a admissibilidade da reforma da Previdência. Segundo ele, não houve adiamento na comissão, mas sim um acordo no qual o governo concordou em ampliar o tempo de debate da matéria até amanhã e a oposição, em diminuir o número de destaques à proposta para facilitar sua votação. Rebelo fez essas declarações ao lançar a cartilha "Dez Motivos para Apoiar a Reforma da Previdência e Dez Motivos para Apoiar a Reforma Tributária", elaborada pela liderança do governo para ser distribuída entre lideranças sindicais, formadores de opinião e populares. "É uma forma de mostrar as razões e os motivos do governo para propor as reformas e pedir apoio político e social para as propostas", disse Rebelo. O texto da cartilha foi antecipado segunda-feira pelo O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.