Rebelo adia comparecimento a Comissão da Câmara

O ministro-chefe da Coordenação Política, Aldo Rebelo, adiou para a próxima quinta-feira seu comparecimento à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara para falar sobre a sindicância que apurou a atuação do ex-assessor do Palácio do Planalto Waldomiro Diniz. O adiamento foi acertado entre Rebelo, o presidente da comissão, deputado José Prianti (PMDB-PA), e o autor do requerimento de convite, deputado Alberto Goldman (PSDDB-SP). Rebelo argumentou que estava participando de uma reunião extraordinária com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e líderes partidários no Congresso, para discutir a decisão do governo de cassar o visto de permanência, no País, do jornalista Larry Rohter, do The New York Times.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.