Rebelo acredita que MP de Meirelles será aprovada

O ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, disse hoje que acredita que a medida provisória que dá status de ministro ao presidente do Banco Central será aprovada no Senado. Sobre as dissidências de 28 deputados petistas que votaram contra a MP na Câmara, Rebelo disse que entende os problemas da base aliada na hora de votar no Congresso, mas não celebra, nem elogia e nem é feliz com as dissidências. O ministro participa agora pela manhã da Conferência Internacional Democracia: Participação Cidadã e Federalismo. Durante a conferência, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) divulgará pesquisa que constata que no Brasil o povo está satisfeito com a democracia, mas poderia trocá-la pela ditadura militar com melhores empregos. Sobre essa questão, Aldo Rebelo disse que democracia significa liberdade e bem-estar e lembrou que o governo Lula está gerando 2 milhões de empregos no País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.