Reajuste do Bolsa Família é 'vitrine', diz líder do PSDB

O líder do PSDB na Câmara, deputado Duarte Nogueira (SP), avaliou hoje que o reajuste dos benefícios do programa Bolsa Família é uma tentativa do governo de minimizar o efeito de notícias negativas como o corte de R$ 50 bilhões do Orçamento da União, detalhado ontem, e o possível aumento de juros na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que termina amanhã.

EDUARDO BRESCIANI, Agência Estado

01 de março de 2011 | 17h33

"O reajuste é uma grande vitrine para o governo, o anúncio é para tentar minimizar o saco de maldades do governo", afirmou o tucano. Nogueira disse que a oposição "apoia" o Bolsa Família, mas afirmou não ser justo dar um reajuste para esconder más notícias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.