Raupp exime PMDB de culpa na crise da recondução de diretor da ANTT

Presidente do partido disse que o indicado por Dilma não conseguiu se defender das denúncias

Rosa Costa, de O Estado de S. Paulo,

12 de março de 2012 | 17h40

BRASÍLIA - O presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), disse nesta segunda-feira, 12, que a rejeição no plenário da recondução de Bernardo Figueiredo à diretoria-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) não deve ser vista como indicativo do procedimento de seu partido no Senado. Ele atribui a rejeição à situação do próprio Figueiredo, de não conseguir se defender das denúncias apresentadas pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR).

"Os ventos não estavam soprando a favor de Bernardo Figueiredo", alegou Raupp. "Aí, havia um problema, com todo respeito, porque ele é meu amigo. O senador Requião vinha há muito tempo passando dossiê para os senadores, questionando junto a bancada. Foi um trabalho feito", completou.

Raupp afirma que a bancada peemedebista tem demonstrado alguma insatisfação, mas não é por isso que iria rejeitar o nome do diretor da agência. "Está no direito da oposição fazer crítica, mas a base não tem criticado a presidente Dilma. O respeito dos partidos da base com a presidente tem sido bom", argumentou.

Ainda assim, ele defende uma proximidade maior dos peemedebistas com a presidente. "É necessário o encontro com a presidente. É muito importante", defendeu. "Em qualquer circunstância, o contato pessoal da presidente com a base aliada, com a bancada, ajuda muito. Só a conversa, uma conversa descontraída, um almoço, aproxima a base e aquele que está um pouquinho distanciado pode se aproximar".

Valdir Raupp destaca que o manifesto divulgado pelos deputados deixa patente essa vontade de aproximação e o desejo de que "o tratamento político dado ao PMDB seja, senão igual, pelo menos parecido ao que é dado ao PT"

Tudo o que sabemos sobre:
Valdir RauppANTTPMDBDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.