Raul Pont pede coerência com o passado do PT

"A política econômica que vem sendo desenvolvida é contraditória com o nosso projeto, com a nossa história", afirmou o deputado estadual petista e candidato derrotado à prefeitura de Porto Alegre, Raul Pont, durante entrevista ao Jornal da Cultura, da TV Cultura. "Nós não nos vemos como inimigos, apenas estamos fazendo este debate para acertar o rumo, para fazer com que o nosso governo tenha coerência com a nossa história, com o nosso passado e com os compromissos sociais que assumimos durante a campanha eleitoral."O deputado justificou como normal que integrantes do PT discordem das linhas adotadas pelo governo: "O partido tem de ter uma autonomia em relação ao governo, na medida em que nós somos um governo de vários partidos", ponderou. Por outro lado, Pont sugeriu que o governo deveria se preocupar menos em conseguir a governabilidade via Congresso, apostando mais na governabilidade obtida em ação mais direta com a população: "Esse caminho de ficarmos presos à governabilidade via Congresso nos amarra a partidos que não nos garantem, a todo momento, o apoio necessário."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.