Rands prevê votação de parecer da Previdência até quinta

O parecer do projeto da reforma da Previdência Social deve ser aprovado até esta quinta-feira na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, assim como também os destaques especiais dos deputados, segundo avaliação do relator da proposta na comissão, deputado Maurício Rands (PT-PE). "A discussão deve ser mais acalorada que a da reforma tributária, mas acredito que tudo sairá dentro do previsto pelo cronograma do presidente Luiz Eduardo Greenhalgh." O prazo para a colocação de emendas ao projeto pelos deputados da comissão foi prorrogado para hoje até as 17horas. Amanhã a bancada do PT deve se reunir para discutir as emendas, que até o momento são 57. Rands não acredita que este número expressivo possa dificultar a aprovação do parecer, já que os deputados poderão preparar destaques especiais para votação separada. Ele mencionou a capacidade do presidente da CCJ, Luiz Eduardo Greenhalgh, em conciliar o debate e o cumprimento das disposições regimentais. "Não haverá espaço para a discussão da matéria", disse.Rands está otimista quanto à aprovação da matéria. "Estou certo de que a CCJ examinará o texto do ponto de vista constitucional. Quanto à constitucionalidade, estou absolutamente tranqüilo, principalmente em relação às jurisprudências do Supremo (Supremo Tribunal Federal)", avaliou. Após a apreciação do parecer, devem ser votados os destaques especiais dos deputados e, posteriormente, o projeto segue para avaliação na Comissão Especial da Câmara, que julgará o seu mérito. Ouça o áudio da entrevista com o relator da reforma da Previdência na CCJ no endereço www.aefinanceiro.com.br

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.