Rainha lidera invasão da FNL em fazenda de Quadra, SP

Integrantes da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL), grupo sem-terra liderado por José Rainha Júnior, montaram acampamento em área de uma fazenda que pertenceu ao último presidente da República Velha, Júlio Prestes de Albuquerque, no município de Quadra, região de Sorocaba.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Estadão Conteúdo

25 de setembro de 2014 | 19h01

De acordo com a Polícia Militar, até a tarde de quarta-feira (25), pelo menos duzentos barracos já tinham sido erguidos na estrada municipal que corta a propriedade, mas novas famílias continuavam chegando. A prefeitura contabilizou 600 pessoas na área.

Os sem-terra montaram o acampamento depois de terem sido despejados de uma área próxima. O alvo da Frente é a Fazenda Paiol, uma extensão da antiga Fazenda Araras, onde Júlio Prestes residiu ao retornar do exílio após participar da revolução de 1932.

A propriedade havia sido comprada pelo pai do ex-presidente, Fernando Prestes de Albuquerque, em 1885. Júlio Prestes cultivava algodão, laranja e tinha criações de gado de elite e cavalos de raça na fazenda. A propriedade foi vendida pelos descendentes em 1985 e é considerada histórica.

De acordo com Rainha Júnior, a fazenda está improdutiva e o grupo já pediu ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) uma vistoria no imóvel. Segundo ele, o acampamento faz parte de um plano de levar a atuação da Frente para próximo da capital.

"Estamos acertando uma série de ações conjuntas com movimentos urbanos de luta pela moradia", disse. A superintendência do Incra em São Paulo informou que está tomando procedimentos administrativos e técnicos para uma possível desapropriação da fazenda. Em relação às famílias acampadas, o Incra informou que a Ouvidoria Regional acompanha a situação.

Tudo o que sabemos sobre:
sem-terraFNLRainhaQuadraSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.