Radialistas denunciam censura no DF

Três radialistas da Rádio Cultura FM de Brasília, pertencente ao Governo do Distrito Federal, se demitiram durante uma transmissão ao vivo, depois de terem sido proibidos de executar músicas com teor político, e advertidos por causa de entrevistas com políticos de oposição. Rita Andrade, Cleon Homar e Anselmo Bessa estavam apresentando o programa Feira de Música, quando receberam uma ligação do diretor da emissora, Roberto Cavalcante, ordenando que interrompessem a entrevista com o deputado distrital Rodrigo Rolemberg (PSB), que avaliava as transformações na rádio.Após algumas ponderações dos apresentadores junto ao diretor, conseguiram convencê-lo a deixar que o programa chegasse ao fim. Mesmo assim, os radialistas - que eram colaboradores sem remuneração - , despediram-se dos ouvintes e anunciaram o fim do programa, que há nove anos fazia parte da programação. Segundo Rita Andrade, o cerceamento vinha ocorrendo de forma lenta. Na semana passada, houve uma reunião na qual Cavalcante afirmou que não seria permitida a veiculação de músicas com teor político ou que fizessem apologia às drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.