Quórum baixo adia mais uma vez votações na Câmara

Com o quórum baixo, a Câmara adiou para a próxima semana a votação de medidas provisórias que estão trancando a pauta da Casa. Na terça-feira, em reunião com o presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB), os líderes haviam acertado que tentariam votar nesta semana apenas duas das dez Medidas Provisórias que obstruem as votações no Plenário. No entanto, nem isso foi possível.Na terça-feira, 31, não houve quórum na sessão à noite, o que se repetiu na manhã desta quarta-feira. Até o início da manhã, 190 deputados registraram presença. Para que a votação aconteça, é necessário, no mínimo, um quórum de 257 dos 513 deputados da Câmara. A sessão da noite de terça-feira foi encerrada com um quórum de 221 parlamentares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.