Quércia está internado em São Paulo para quimioterapia

O ex-governador do Estado já havia sido internado em setembro pela mesma razão, quando desistiu de disputar uma cadeira no Senado

Solange Spigliatti/SÃO PAULO, Estadão.com.br

22 de novembro de 2010 | 17h43

O ex-governador de São Paulo Orestes Quércia voltou a ser internado no Hospital Sírio-Libanês, para dar continuidade ao tratamento contra um câncer, segundo informações de sua assessoria.

 

Quércia deu entrada no hospital na última quinta-feira, 18, para uma nova sessão de quimioterapia e permanecia internado na tarde desta segunda-feira, 22. Ainda não há previsão de alta.

 

O ex-governador ficou internado no mesmo hospital por mais de um mês, desde o dia 1º de setembro, quando foi constatada a volta de um câncer na próstata, que havia sido tratado há mais de uma década. Ele teve alta em 6 de outubro. Em decorrência da doença, Quércia desistiu de disputar uma cadeira para o Senado, tendo apoiado o candidato eleito pelo PSDB, Aloysio Nunes Ferreira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.