Quércia diz em carta que campanha continua 'firme'

Preocupado com o impacto eleitoral da notícia do diagnóstico de um câncer de próstata, o candidato do PMDB ao Senado, o ex-governador Orestes Quércia, divulgou hoje carta clamando eleitores e integrantes do partido a "não alimentar boatos" sobre seu estado de saúde.

ANNE WARTH, Agência Estado

03 de setembro de 2010 | 20h18

"Muito em breve já estarei recuperado", afirma Quércia, que está internado no hospital Sírio-Libanês desde a última terça-feira. "Fiz questão de esclarecer as coisas para não ficar alimentando boatos, peço inclusive que vocês façam o mesmo".

Segundo a mais recente pesquisa Datafolha, divulgada no dia 28 de agosto, Quércia está com 26% das intenções de voto, em segundo lugar, atrás de Marta Suplicy, com 32%. Mas Netinho de Paula (PC do B) teria alcançado Quércia, com 24% das intenções de voto.

Quércia já iniciou o tratamento para combater a recidiva do tumor, que já teve há mais de dez anos, e diz estar animado com as perspectivas dadas pelos médicos. "A campanha continua firme e conto com o apoio de todos nesta reta final! Até a vitória!", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.