Quércia diz achar difícil aliança do PMDB com PT

Apesar de se recusar a discutir um cenário no qual o PMDB se aliaria a outros partidos para disputar a eleição presidencial de 2006, o ex-governador Orestes Quércia disse nesta segunda-feira achar difícil o fechamento de uma coligação com o PT.Entretanto, ele não quis comentar a hipótese de uma composição com PSDB e PFL. "Acho que toda avaliação que a gente tem que fazer hoje é no sentido de ter candidato próprio", disse, ressaltando que acha "difícil" uma aliança com o PT.Quércia, que é partidário da candidatura do ex-presidente da República Itamar Franco, voltou a defender a tese do candidato próprio, mas também sustentou que outras análises devem continuar sendo feitas. "Temos que lutar para ter candidato próprio.Se, por ventura, isso não vier a ocorrer, vamos analisar outras alternativas", concluiu, em entrevista coletiva concedida após um almoço com o governador de São Paulo, Cláudio Lembo, no Palácio dos Bandeirantes, do qual também participou o ex-presidente Itamar Franco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.