Quem é agressivo não ganha debate, afirma Aécio

O ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB) veio a São Paulo acompanhar o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, no primeiro debate presidencial deste ano, na TV Bandeirantes. "Espero que Serra vá muito bem. Ele é o mais preparado para governar o Brasil", disse Aécio na entrada do estúdio, minutos antes do início do programa. Em seguida, encontrou o presidenciável tucano e o abraçou. Os dois disputaram a indicação do PSDB para sair candidato a presidente. Aécio busca uma vaga no Senado por Minas.

CAROLINA FREITAS, Agência Estado

05 de agosto de 2010 | 22h35

O mineiro falou sobre o que espera de Serra nesta noite. "Quem é agressivo não ganha debate. Serra tem de ser afirmativo, que é o que ele é", disse Aécio. "Essa coisa de maquiagem, no final da eleição, não prevalece. Cada um vai ter de demonstrar o que é."

Aécio minimizou o fato de Serra aparecer atrás de Dilma Rousseff (PT) nas pesquisas de intenção de voto para presidente em Minas. "Não dá para fazer o recorte de um Estado. Se existem problemas, há no Brasil inteiro e acho que eles podem ser superados no Brasil inteiro."

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010debateBandAécio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.