'Quem disse foi o Datena', diz Serra sobre candidatura

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), disse hoje, em visita a Hortolândia, que não falaria sobre o anúncio de sua pré-candidatura à Presidência da República feita ao jornalista José Luiz Datena, da TV Bandeirantes: "Eu não vou falar", afirmou Serra ao ser questionado sobre as eleições. "Quem disse foi o Datena. Eu vim em trabalho de governo e não misturo as coisas", repetiu o governador.

TATIANA FÁVARO, Agencia Estado

19 de março de 2010 | 18h29

Serra participou da inauguração de uma fábrica de componentes para trens e metrô e seguiu para os municípios vizinhos Mogi Mirim e Mogi Guaçu. Em Mogi Mirim, apesar de receber o apoio explícito de correligionários, o governador manteve o posicionamento de calar-se em relação a sua pré-candidatura.

O ex-governador Orestes Quércia esteve no evento e disse que a maioria silenciosa terá grande valor para eleger o candidato do PSDB. "Tenho convicção total de que Serra será presidente. O crescimento de Dilma nas pesquisas é normal, a opinião de grande parte das pessoas só virá à tona quando os programas de TV dos candidatos forem ao ar", disse Quércia. O ex-governador afirmou ainda que apoiará a candidatura do governador de José Serra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.