Queda de laje mata duas crianças índias

Duas crianças índias da Reserva Rio das Cobras, em Nova Laranjeiras, a 385 quilômetros de Curitiba, no sul do Paraná, morreram e nove ficaram feridas em razão de um acidente no fim da tarde de domingo, na BR-277. Um ônibus da empresa DRT, que presta serviços para a concessionária Rodovia das Cataratas, que explora o pedágio naquele trecho, foi fazer uma manobra na rodovia e acabou atingindo um abrigo, cuja laje desabou sobre os índios da tribo caingangue. O delegado de Nova Laranjeiras, Aparecido Alves Bezerra, conseguiu prender em flagrante o motorista Hamilton José de Michelle, 32 anos, que, alegando ter tido medo de ser linchado, abrigou-se num posto da Polícia Rodoviária. Indiciado por duplo homicídio culposo e lesões corporais, o motorista está detido na delegacia de Laranjeiras do Sul, por questão de segurança. Segundo o delegado, cerca de 30 índios, que ficam à beira da rodovia vendendo artesanatos, tinham se escondido da chuva sob o abrigo. O motorista do ônibus tentou manobrar o veículo, sem perceber que estava com a traseira próxima. Ao tocá-lo, a laje caiu. Morreram Valderico Rosário, de 2 anos, e Carolina Rosário, de dez meses de idade. Cinco índios, que sofreram fraturas, ainda continuam internados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.