Nilton Fukida/Estadão
Nilton Fukida/Estadão

Quatro pessoas são detidas durante manifestação em Brasília

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, há 35 mil pessoas em protesto contra reformas e governo Temer

Liana Costa, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2017 | 15h55

BRASÍLIA - A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal divulgou um boletim nesta quarta-feira, 24, informando que quatro pessoas foram detidas pela polícia na manifestação que reúne cerca de 35 mil pessoas na Alameda das Bandeiras, via em frente ao Congresso Nacional, segundo estimativas da Polícia Militar.

Se acordo com a Secretaria, o tumulto começou quando manifestantes tentaram invadir "o perímetro de segurança restrito previsto no Protocolo Integrado Tático (PrTI), mas foram contidos pela Polícia Militar, que usou progressivamente a força".

As detenções, ainda segundo a secretaria, foram por porte de entorpecentes e porte de arma branca. Os quatro foram encaminhados ao Departamento de Polícia Especializada (DPE).

O boletim policial informa que um dos manifestantes "ao tentar atingir um policial militar com um rojão, teve ferimento na mão devido à explosão". O ferido foi socorrido por outros manifestantes. O Corpo de Bombeiros fez até há pouco dois atendimentos, entre eles um policial.

As principais vias de acesso à Esplanada dos Ministérios (S1 e N1) continuam bloqueadas na altura da Catedral de Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.