Quatro grandes traficantes são presos no Mato Grosso

Depois de uma operação surpresa desencadeada por vários agentes do Rio de Janeiro, Dourados e Ponta Porã, a Polícia Federal prendeu ontem na cidade de Aral Moreira, a 359 km de Campo Grande, quatro pessoas consideradas grandes traficantes de drogas. Entre elas está Erineu Soligo, o Pingo, acusado de ser o substituto da Fernandinho Beira-Mar no controle e distribuição de drogas na região de fronteira Mato Grosso do Sul/Paraguai. Além de Pingo, três pessoas de sua família, acusadas de integrar uma quadrilha internacional de traficantes, foram presas. Marcos Paulinho Soligo, Santos Soligo e Ildo. As prisões atenderam parte dos dez mandados expedidos pela 24ª Vara Estadual do Rio de Janeiro, para onde eles foram transportados hoje, sob o comando dos delegados federais Bráulio César Galloni e Adelar Anderle.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.