Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Quase 40% dos candidatos do RN não prestaram contas

O prazo para prestação de contas à Justiça Eleitoral foi ignorado por 177 candidatos do Rio Grande do Norte. Dos 468 pedidos de registro de candidatura, apenas 291 candidatos entregaram a prestação de contas - quase 40% dos que pleitearam cargos eletivos estão em débito com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). No entanto, todos os eleitos já apresentam as contas.

ANNA RUTH, Agência Estado

03 de novembro de 2010 | 20h27

Entre os políticos que ainda não entregaram a prestação de contas estão a ex-governadora Wilma de Faria (PSB), que tentou uma vaga para o Senado, e o governador Iberê Ferreira (PSB), que disputou a reeleição. A partir de agora, a corte eleitoral fará a distribuição para os juízes do processo das prestações de contas de todos os candidatos. Mesmo aqueles que tiveram o registro indeferido são obrigados a apresentar as contas referente ao período em que estiveram na disputa.

Os devedores da prestação de contas serão notificados para, no prazo de 72 horas, entregar a documentação. No entanto, por terem descumprido a determinação da legislação já são considerados devedores da Justiça Eleitoral, o que implica em, por exemplo, não poder emitir passaporte. A situação é regularizada caso atendam ao prazo de 72 horas.

Se mesmo com a notificação os candidatos persistirem no débito, eles serão considerados devedores durante todo período do mandato ao qual pleiteavam e, com isso, não poderão disputar eleição nesse período.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.