Quadro clínico de Marcelo Déda tem 'piora progressiva', diz hospital

Estado de saúde é 'grave', informa o Sírio-Libanês, onde do governador de Sergipe está internado

Agência Estado

30 de novembro de 2013 | 21h10

São Paulo - Boletim médico divulgado no início da noite deste sábado, 1, informa que houve "piora progressiva" do quadro clínico do governador de Sergipe, Marcelo Déda, que está internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para tratamento de um câncer gastrointestinal. "Seu estado de saúde é grave", acrescenta o boletim.

Déda está medicado, diz o hospital, e em companhia da sua família.

O governador em exercício do Estado, Jackson Barreto, usou seu perfil no Facebook e manifestou solidariedade a Déda. Ele também cancelou sua agenda de inauguração que ocorreria na noite deste sábado, no bairro Santos Dumont, em Aracaju, segundo a Agência Sergipe de Notícias.

"Estou muito apreensivo e angustiado com as informações do agravamento do estado de saúde do governador, do amigo e do companheiro Marcelo Déda. Estou pedindo a todos os sergipanos que neste momento estejamos unidos em orações, pedindo a Deus por este grande sergipano, cujo talento, cultura e ética têm marcado a vida do nosso estado nos últimos anos", escreveu Jackson.

Tudo o que sabemos sobre:
DédasaúdeSergipe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.