Quadro clínico de Célio de Castro continua inalterado

O Hospital Mater Dei informou esta tarde, em boletim médico, que o quadro clínico do prefeito de Belo Horizonte, Célio de Castro (PT), continua grave e estável. Castro sofreu uma isquemia na última quarta-feira, que evoluiu para um acidente vascular cerebral. Ele foi operado ontem às pressas para a retirada de um coágulo no cérebro, e os médicos decidiram mantê-lo em coma induzido no CTI do hospital por, no mínimo, três dias. De acordo com as informações dos médicos, a pressão intracraniana permanece sob controle. A movimentação no Mater Dei continua intensa, com a presença de diversos políticos, assessores e líderes partidários. O governador Itamar Franco (PMDB) visitou os familiares do prefeito na manhã de hoje. "A situação é muito triste e vamos rogar a Deus que ele se recupere", disse Itamar. O vice-prefeito, Fernando Pimentel, assumiu o cargo por tempo indeterminado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.