PV protocola pedido de cassação de 69 sanguessugas

O Partido Verde (PV) protocolou nesta terça-feira, 15, na presidência da Câmara e no Conselho de Ética da Casa representação com o pedido de cassação dos deputados acusados pela CPI dos Sanguessugas de suposto envolvimento na compra superfaturada de ambulâncias. No pedido, o PV anexa o relatório da CPI com o nome de 69 deputados.A secretaria geral da Mesa vai analisar ainda nesta terça-feira se a representação atende às regras ou se será necessário um pedido separado para cada um dos deputados. Caso a secretaria considere válida a representação, será desnecessário o processo pela corregedoria da Câmara. Assim que o processo for aberto pelo Conselho de Ética, mesmo que o deputado renuncie ao seu mandato, a investigação prossegue e o parlamentar estará sujeito a ter seus direitos políticos cassados caso a perda de mandato seja aprovada.O pedido de cassação é assinado pelo presidente do PV, José Luiz Pena. O deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) afirmou que o PPS e o PSOL também deverão subscrever a representação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.