PV marcou filiação para dia 30

A senadora Marina Silva (sem partido-AC) não detalhou seus planos de ingressar no PV, mas o partido já marcou para 30 de agosto a data de sua filiação. O anúncio ocorrerá numa "convenção festiva", na capital paulista. Os detalhes foram discutidos anteontem, durante uma reunião entre dirigentes do PV e representantes da senadora.Na reunião, ficou definido que ela apresentaria uma lista com nove nomes, que vão integrar junto com ela o comando partidário. A relação é mantida sob sigilo, mas colegas da senadora dão como certa a presença de seu ex-secretário-executivo no Ministério do Meio Ambiente, João Paulo Capobianco, que já é do PV. Petistas garantem que Marina não recrutou aliados no Acre, mas não descartam a possibilidade de alguns ex-colegas de legenda a acompanharem. Somados aos 11 membros da Executiva do PV, Marina e os nove indicados por ela vão compor uma coordenação nacional, encarregada de montar o programa partidário e o programa de governo da campanha. Ainda assim, o PV negam uma operação para atrair petistas. "Nem nós nem a Marina estamos aliciando ninguém do PT", diz o presidente do PV do Rio de Janeiro, Alfredo Sirkis. Apesar de a troca de partido estar ligada ao convite para que Marina dispute o Planalto, o PV diz que ela só decidirá mais tarde sobre a candidatura.

Clarissa Oliveira e Alexandre Rodrigues, O Estadao de S.Paulo

20 de agosto de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.