PV formaliza candidatura de Marina Silva à Presidência

Chapa foi aprovada pelos delegados que participam da Convenção Nacional em Brasília

Carol Pires / BRASÍLIA, estadão.com.br

10 de junho de 2010 | 13h23

O PV aprovou nesta quinta-feira, 10, a indicação da senadora Marina Silva (AC) à Presidência da República. O empresário Guilherme Leal, dono da Natura, é o candidato a vice. A formalização da chapa foi aprovada pelos delegados da legenda que participam da Convenção Nacional, em Brasília.

Coube ao presidente do PV, José Luiz Penna, conduzir a votação, na qual os delegados levantavam os crachás do evento em sinal de aprovação. De pé, os presentes gritaram: "Brasil urgente, Marina presidente".

O partido aprovou ainda os gastos de campanha, orçado em R$ 90 milhões, e a plataforma de governo, que defende economia sustentável, intolerância com a corrupção e luta contra todas as formas de discriminação: "étnica, racial, religiosa, homofobia, sexismo e outras", diz o documento.

Antes do fim da reunião, a cúpula do partido aprovou ainda uma moção política de repúdio ao relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) apresentado esta semana à comissão especial que discute mudanças no Código Florestal na Câmara dos Deputados. Ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva chamou o relatório de retrocesso.

Marina Silva não participou desta primeira parte do evento, e só deve comparecer à tarde. O discurso dela está programado para ocorrer por volta das 16h.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçãoPVMarina Silvacandidatura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.