PTN quer resgatar a vassoura da campanha de 1960

O PTN de Mato Grosso quer resgatar a tradicional vassoura que foi símbolo da campanha do ex-presidente Jânio Quadros nas eleições de 1960. O partido quer usá-la para manter o discurso de limpeza. "O significado é ainda atual. Ela simboliza a limpeza que precisa ser feita na política", defende o presidente regional do PTN, Baltazar Ulrich.

AE, Agência Estado

19 Julho 2010 | 09h52

Em Mato Grosso, o PTN faz parte da aliança que inclui o PMDB, PCdoB, PTC, PSC, PRP, PRB, PHS na chapa que apoia a candidatura do governador Silval Barbosa (PMDB). "Jânio usou essa vassoura há 60 anos e é muito triste olhar a história e perceber que nada mudou", lamenta Baltazar. Otimista ele espera que a Lei da Ficha Limpa e a vassoura "consigam varrer da política os candidatos corruptos". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.