PTB vai formalizar apoio a Ciro Gomes

Faltando um ano e seis meses para as eleições de 2002, o PTB decidiu sair na frente e realiza, neste domingo, convenção nacional para formalizar o apoio do partido à candidatura de Ciro Gomes, do PPS, à presidência da República.A aliança do PTB com o candidato do PPS com tanta antecedência tem um objetivo claro: atrair novos filiados para o partido até 30 de setembro próximo, prazo fatal para quem quiser trocar de legenda e concorrer nas eleições do ano que vem.A cúpula petebista espera que o apoio formal a Ciro Gomes venha a proporcionar um crescimento do partido, ampliando a bancada na Câmara dos atuais 32 deputados federais para 70 deputados até o fim de setembro.Espera, também, conseguir a filiação de senadores. Já para Ciro Gomes, a aliança com o PTB representa ganho no tempo do horário eleitoral gratuito de televisão e rádio. Apenas pelo PPS, Ciro dispõe de 12 segundos diários no horário eleitoral gratuito.Pela Lei Eleitoral, o tempo entre os candidatos é dividido conforme o número de deputados eleitos em 1998 e, neste ano, o PPS elegeu somente três deputados federais. A coligação com o PTB fará com que os minguados 12 segundos saltem para 2 minutos e 12 segundos diários.Soma-se a isso o tempo que será dividido igualmente entre todos os candidatos à presidência da República.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.