PTB promete 44 votos para o mínimo de R$ 260

O líder do PTB na Câmara, deputado José Múcio Monteiro (PE), disse que a bancada do partido deverá dar pelo menos um voto a mais a favor do governo que no dia 2 de junho, na votação da medida provisória que fixou em R$ 260,00 o valor do salário mínimo. Na primeira votação, no início do mês, dos 52 deputados do PTB, 43 votaram com o governo, cinco contra e quatro não votaram. "Votamos com responsabilidade", disse Monteiro. "Não há razão para modificar agora". O líder disse que está contando com votos de quem não votou na vez passada. Ele relatou que passou o fim de semana conversando com deputados do partido e informou que, amanhã, vai reunir a bancada para acertar a votação. Monteiro manifestou, porém, preocupação com o quórum. "Não podemos vaciliar", advertiu.Ele chamando a atenção para dois fatores que podem contribuir para a ausência de deputados: as festas juninas no Nordeste e as convenções partidárias, nas quais os convencionais cobram presença dos parla mentares com mandato federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.