PTB pensa até em fusão com PPS

O líder do PTB na Câmara, deputado Roberto Jefferson (RJ), disse que, ?com o apoio do PTB, a candidatura de Ciro Gomes fica mais forte, e ele deixa de ser um candidato virtual e passa a ser um candidato real?.Para o deputado José Carlos Martinez (PR), que será reconduzido neste domingo à presidência do PTB, o partido dará a estrutura necessária para o crescimento da candidatura de Ciro.?A candidatura do Ciro vai crescer muito porque ele terá uma estrutura e mais tempo de televisão com a aliança com o PTB?, observou Martinez. Caso a aliança com Ciro sobreviva até o ano que vem, o PTB deverá indicar o candidato a vice-presidente na chapa.Parte dos petebistas cita como prováveis candidatos a vice o deputado Walfrido Mares Guia (MG) ou Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força Sindical. Mas outra facção defende a escolha do vice em outros partidos.?Temos que ter um leque de candidatos fortes?, argumentou Jefferson, que sonha com o governador do Rio, Anthony Garotinho, atualmente no PSB. Os petebistas trabalham também com a hipótese de fusão do PTB com o PPS.Essa proposta enfrenta, no entanto, resistências no PPS, principalmente junto ao presidente nacional do partido, senador Roberto Freire (PE). ?Se não houver fusão com o PPS, o vice sairá dos quadros do PTB?, garantiu Martinez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.