PTB irá participar da reunião do Conselho Político

Inicialmente excluído, o PTB vai participar da primeira reunião do Conselho Político do governo, que será comandada nesta quarta-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, às 16h30, no Planalto. O líder do PTB na Câmara, José Múcio Monteiro (PE), que apóia o governo, foi escolhido para sentar-se à mesa com Lula e outros nove dirigentes partidários. Diante da restrição do presidente do PTB, Roberto Jefferson, à participação do partido no governo, o Planalto aposta na divisão da legenda, de olho nos votos dos petebistas na Câmara e no Senado. Apesar da tentativa do presidente interino do PT, Marco Aurélio Garcia, de limitar a reunião ao ato de instalação e à organização do esquema de funcionamento do Conselho Político, ninguém põe em dúvida o caráter político dessa primeira reunião. O presidente Lula deve fazer um apelo em favor da unidade dos partidos para consolidar sua base parlamentar no segundo mandato e, sobretudo, pedir consenso dos aliados na disputa para a presidência da Câmara. O PT disputa o cargo com a candidatura do deputado Arlindo Chinaglia (SP) e o presidente da Casa, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), concorre à reeleição com o apoio, ainda discreto, do Planalto e explícito dos partidos de oposição como PSDB e PFL. O PMDB vai se reunir nesta noite e a tendência é abrir mão do cargo, investindo o cacife do partido em cargos no Ministério e na reeleição de Renan Calheiros (PMDB-AL) para a presidência do Senado. Ao mesmo tempo, o PMDB conversa com o PT em uma manobra para enfraquecer a candidatura de Aldo. Dos partidos que fazem oposição ao governo no Congresso, o PDT e o PV estarão representados no Conselho por seus presidentes. Carlos Lupi, do PDT, vai informar a Lula que 70% dos pedetistas querem apoiar o governo federal. O maior obstáculo vem do Senado, já que os senadores Osmar Dias (PR), Jefferson Peres (AM) e Cristovam Buarque (DF) não compartilham dessa posição. Pelo PP sentará à mesa com Lula o deputado Nélio Dias. O ex-ministro Alfredo Nascimento vai participar em nome do PL. O PRB, partido do vice-presidente José Alencar, estará representado por Vitor Araújo dos Santos e o PSB por Roberto Amaral. Também confirmaram presença os presidentes do PMDB, deputado Michel Temer (SP), do PCdoB, Renato Rabelo, e o petista Marco Aurélio Garcia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.